domingo, 15 de junho de 2014

[RESENHA] TRANSATLANTIC EM SÃO PAULO (2014)

E o transatlântico comandado por Mike Portnoy, Neal Morse, Pete Trewavas e Roine Stolt finalmente chegou ao Brasil!

Foto: Divulgação

Foram 15 anos de espera e 04 álbuns lançados, sendo Kaleidoscope o mais recente, cuja turnê de divulgação rendeu a primeira passagem do grupo pela América do Sul.

Alguns fãs tiraram fotos com os integrantes na saída do hotel e muitos chegaram cedo ao Carioca Club para conseguir um dos desejados lugares na grade que separa o palco do público, ou para participar do meet & greet comercializado pela banda através do site oficial de sua gravadora, a Radiant Records.

Minutos antes da abertura da casa para todo o público, marcada para às 17h30, começou um temporal digno de fim dos tempos! Isso fez com que o acesso ao espaço fosse liberado mais cedo e, com o caminho livre, só restava aguardar o início da apresentação previsto para às 19h. Porém, houve um atraso de mais de 30 minutos e uma falha no sistema de projeção foi uma das contribuições para que isso acontecesse.

E o dirigível, marca carimbada do grupo, aparece na tela e anuncia a chegada do “Dream Team” do rock progressivo atual. Mike Portnoy, ex-membro e fundador do Dream Theater, Neal Morse, ex-membro e fundador do Spock’s Beard, Pete Trewavas, membro do Marillion e Roine Stolt, membro e fundador do The Flower Kings. O quarteto é acompanhado por um músico convidado em suas turnês. Porém, este “quinto elemento” seria ninguém mais que Daniel Gildenlow, fundador do conceituado Pain Of Salvation, mas uma bactéria carnívora o deixou de fora dos palcos e o músico Ted Leonard, membro do Spock’s Beard, foi seu substituto.  

Into The Blue, faixa que abre seu trabalho atual, também foi usada para iniciar os shows da turnê. Os 25 minutos de duração mostraram a capacidade de todos. Um Portnoy preciso, ágil e irreverente levantou a plateia e a si mesmo, tocando bateria em pé por diversos momentos. Neal e seus vocais carregados de interpretação, acompanhados de seu virtuosismo com as teclas de seu sintetizador e seu órgão. Pete esbanjando técnica em seu contrabaixo e fazendo backing vocals. Roine mostrando que, além de belos solos, contribui para a melodia das canções com ótimas bases de guitarra e não desaponta nos vocais. Por último, e não menos importante, Ted substituindo Daniel à altura e tomando conta da guitarra, violão, vocais, teclados e percussão adicionais.

Após uma novidade apresentada, temos uma volta ao primeiro álbum da banda com a execução de My New World, com direito ao acompanhamento do público no refrão. Depois tivemos a emocionante balada Shine, carregada de paz e esperança, duas características que estão presentes em várias canções compostas por Neal, cristão declarado.  E depois de quase 50 minutos de música, o público foi agraciado (e foi ao delírio também!) com a suíte The Whirlwind, que teve apenas 05 partes tocadas, pois em sua totalidade possui 12 e faz parte do trabalho mais bem sucedido do grupo até então.

E o clima brando retorna ao espetáculo com a execução de We All Need Some Light, com direito a solo de violão feito por Neal. Em seguida, antes da penúltima música, a ótima Black As The Sky é apresentada. Terceira faixa do álbum Kaleidoscope, a canção traz um sintetizador vigoroso e muita energia para os espectadores que acompanhavam o refrão com muita empolgação.

Bem, o fim se aproximava, porém, não aconteceria tão cedo. Antes do encore, o grupo mostra novamente o seu potencial. Kaleidoscope, faixa que dá título ao álbum, é tocada com maestria. Seus pouco mais de 30 minutos de duração são recheados de notas e variações no andamento, além de contarem com os vocais de todos os integrantes.

Após uma pausa para descanso, o grupo retorna ao palco para encerrar o show com uma dobradinha de seus dois primeiros álbuns. A primeira metade de All Of The Above iniciou o fim, seguida da segunda metade de Stranger In Your Soul e, após 3 horas, o público que lotou a casa de shows se despediu da banda.

FICHA TÉCNICA
Data: 13 de fevereiro de 2014
Realização: Show Master Tours
Local: Carioca Club, São Paulo-SP.

Set List:
Into The Blue
My New World
Shine
The Whirlwind (Medley)
We All Need Some Light
Black As The Sky
Kaleidoscope
All Of The Above/Stranger In Your Soul (Medley)
0.