segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Wayne Hussey faz grande performance e presenteia o público paulistano

Wayne Hussey em São Paulo 2014 / Foto: The Ultimate Music PR

Por Bruno Sawyer

Noite de sábado. Dia de balada e curtição. Todos se preparando para ir se divertir e passar a madrugada fora, mas porque não fazer um “esquenta de luxo” antes?

A noite estava apenas começando e enquanto o público chegava, o DJ ia fazendo a trilha sonora de abertura do evento.


Eis que chega o momento de uma das estrelas da noite entrar em cena. Wayne Hussey, líder do The Mission e um dos maiores nomes da cena gótica dos anos 80, entra no palco e inicia sua apresentação solo.

Peter Murphy em São Paulo na noite mais gótica do ano

Com seu ukulele cheio de efeito e sua voz marcante, o músico inicia sua apresentação com The Killing Moon, um cover de outra banda conhecida do gênero, o Echo & The Bunnymen. Em seguida executa Like A Child Again, composição de sua banda, o The Mission. Após essa dobradinha, Wayne toma um gole de cerveja e diz:

- Saúde!

All Along The Watch Tower, cover de Bob Dylan, foi a próxima. Dessa vez o músico plugou a guitarra e foi acompanhado por um playback instrumental. Ao término da canção ele agradeceu com um “obrigado!”.

A casa já tinha um número bom de pessoas, mas muitas ainda chegavam, talvez por conta de algumas terem trabalhado no sábado.

Amelia veio em seguida. Mais uma composição de sua banda e, ao longo da execução, as luzes se acenderam e se apagaram algumas vezes, mostrando um bom trabalho de iluminação. 

Após seu término, Wayne agradeceu em inglês e falou:

- “It’s saturday night and it’s allright”.

Black Mountain Mist veio em seguida trazendo sua melodia suave e cativante. Após seu fim, Wayne agradeceu ao público em português e comentou sobre o lançamento de seu novo álbum solo chamado Songs Of Candlelight And Razorblades.

Logo após executou Wither On The Vine, primeiro single desse novo disco. O trabalho de iluminação chamou a atenção mais uma vez, com luzes azuis e roxas intercaladas com bastante dinamismo. Além disso, o músico foi acompanhado por um playback instrumental com programações e backing vocals.

Em seguida o músico pegou seu violão e disse:

- “Here we go!”.

Com isso iniciou Stay With Me, mais uma canção de sua banda. O público adorou, tanto que cantou o refrão junto com Wayne e ovacionou o mesmo após o fim da canção.

E para manter o nível, Severina foi executada. O público foi ao delírio, com gritos de animação, além de ter cantando a música também. Ao fim da canção (como não poderia ser diferente) a plateia ovacionou Wayne.

Quando os primeiros acordes de Wasteland foram tocados, o público mais uma vez deu as caras. E para melhorar, o músico emendou Like A Hurricane (cujo refrão foi cantado em alto e bom som pela plateia) e retornou à Wasteland, finalizando-a e sendo acompanhado por mais uma brincadeira com o jogo de luzes da casa.

Ele toma mais um gole de sua bebida e diz que “cheers” significa saúde em inglês.

Como tudo que é bom dura pouco, Swan Song foi a canção escolhida para encerrar a apresentação. A canção presente em The Brightest Light (álbum mais recente do the Mission lançado em 2013) fechou com chave de ouro a apresentação do músico.

Com seu final extendido, enquanto o playback instrumental tocava, Wayne agradeceu o publico em português e encostou sua guitarra num amplificador, mas a mesma caiu e um roadie entrou correndo no palco para ampará-la.

Antes de sair do palco, o músico jogou sua cerveja para o público e uma pessoa que estava colada na grade pegou a garrafa.

Em menos de um mês, Wayne Hussey se apresentou duas vezes em São Paulo (a primeira com o The Mission) e mostrou porque é um dos grandes nomes do gótico e que ainda tem muita lenha pra queimar.

FICHA TÉCNICA

Data: 13 de Setembro de 2014
Realização: 8X8 Live
Local: Carioca Club, São Paulo/SP

Set List
The Killing Moon
Like A Child Again
All Along The Watchtower
Amelia
Black Mountain Mist
Wither On The Vine
Stay With Me
Severina
Wasteland/Like A Hurricane
Swan Song


Cartaz / Imagem: Divulgação